(11) 9 8180-7661
11 2609-1834
contato@helpengenharia.com

19 abr 2017

O Caminho para o Aprendizado do Cálculo/Física!

//
Comentários0

O melhor caminho para aprender

Será que existe um caminho perfeito para aprender as matérias de exatas? Será que se todos que estão na faculdade e sentem dificuldade em cálculo, física e etc, seguirem uma rota perfeita de estudos vão se desenvolver bem nessas matérias??

A verdade é que não… Não existe caminho perfeito e o motivo é que nem todos que estão na mesma sala tem a mesma deficiência em cálculo ou em qualquer outra matéria.

Alguns alunos tiveram excelentes professores de física no colégio, mas nunca tiveram aula de química, outros estudaram um período em escola particular e tiveram uma boa base até certo ponto, mas depois migraram para escola pública e não evoluíram mais no seu aprendizado.

 

Por onde começar

O mais importante não é o caminho a ser seguido e sim de onde é preciso partir e aonde você quer chegar.

Como disse acima cada aluno tem uma deficiência diferente, e o mais importante é saber onde está essa deficiência para saber por onde iniciar os estudos, alguns alunos não sabem regras de sinais, outros já sabem regra de sinais, mas nunca ouviram falar em logaritmos, alguns alunos conhecem equação de 2° grau, porém nunca ouviram falar em movimento uniformemente variado.

Saber o ponto de inicio da sua jornada é fundamental para se dar bem nos estudos, uma forma de identificar esse ponto de partida é ir até o seu professor e perguntar a ele o que é necessário saber para entender a matéria dele(quais os pré-requisitos da matéria). Outra forma é realizar aquelas provas de nivelamento que existem em algumas faculdades, nessas faculdades o professor quer saber qual o nível do aluno que acabou de ingressar no seu curso, para saber isso ele aplica uma lista de exercícios de matemática/física básica.

Quem é o interessado?

O interessante disso é que o mais interessado no resultado dessa prova/lista não é o professor e sim o aluno. É você que deve ter a preocupação em saber suas deficiências e não o professor, é você que precisa saber por onde partir. Por isso “NUNCA” copie a resolução dessa lista de ninguém, é essa lista que vai te dar uma radiografia do que você sabe. Quando você tiver o resultado dessa lista em mãos verifique os pontos onde você errou.

Após isso é sentar a bunda na cadeira e verificar o que você sabe daqueles assuntos na ordem dos mais complexos para os mais fáceis. Quando você chegar em um assunto que você sabe, você descobriu por onde tem que partir.

Aprender não é vergonha

Não dá para aprender integrais, sem saber derivadas, aprender logaritmos, sem saber bem potenciação e radiciação, e você jamais vai concretizar seus conhecimentos nos temas anteriores se não souber somar/subtrair frações, regras de sinais para soma/subtração, multiplicação e divisão.

Muitos assuntos da matemática são uma continuidade, ou seja, um assunto depende do outro e o mesmo acontece na física, só é possível aprender movimento uniformemente variado, se souber movimento uniforme e assim por diante.

Portanto, não se envergonhe se você descobrir que precisa estudar um assunto da terceira ou quarta-série, mesmo se já estiver sentado na cadeira de uma universidade. Estudar e aprender não tem idade e não é vergonha.

O importante é que agora você sabe por onde começar e pode contar com a Help para te ajudar!

 

Responder