(11) 9 8180-7661
11 2609-1834
contato@helpengenharia.com

27 abr 2017

5 Fatores que Desmotivam um Estudante

Nesse vídeo você vai descobrir os 5 fatores que mais desmotiva os estudantes

Didática

Um dos fatores que mais desmotivam um calouro é a falta de didática de certos professores, é muito comum os alunos reclamarem que não entendem seus professores de cálculo e física e o mais grave é que isso acontece na maioria das faculdades.

Infelizmente esse é um problema difícil de ser resolvido porque está na pessoa “professor” e poucos professores conseguem assumir quando tem um problema de didática.

Em geral o professor transfere esse problema para o aluno, “Não é o professor que não consegue ensinar é o aluno que não consegue aprender” e quando isso acontece a melhor decisão é falar diretamente com o professor, expor suas dificuldades e tentar sanar as dúvidas diretamente com ele.

 

Professor

Não existe nada pior do que fazer uma pergunta a um professor e ouvir como resposta alguma das clássicas frases desmotivantes, “Você já deveria saber isso”, “Esse curso não é para você”, “Você tem que ir para outro curso”, etc… Principalmente se ela não vem acompanhada da explicação que o aluno tanto espera.

Envergonhar ou humilhar um aluno diante dos colegas, não só o desmotiva como o inibe de fazer qualquer questionamento durante a aula prejudicando muito o seu desenvolvimento e até mesmo fazendo o fazendo desistir do curso.

Esse tipo de atitude se vence com educação e respeito, uma conversa franca e individual com o professor é o melhor caminho para acabar com essas atitudes constrangedoras. Mostre a ele sua insatisfação com as atitudes grosseiras e isso o fará repensar na forma de lidar em sala de aula e então ele vai começar a mudar esse comportamento.

 

Família

A família e os amigos são parte fundamental do desenvolvimento do aluno em sala de aula, estudar qualquer curso relacionado a exatas como Engenharia, Economia, Física ou Matemática exige muita dedicação e esforço por parte do aluno.

Toda essa dedicação e esforço são necessários para compensar a deficiência do aluno em matemática e física. O problema é que isso toma tempo e se o aluno estuda e trabalha onde vai encontrar esse tal de tempo??

O tempo está nos finais de semana, sábados, domingos, feriados, dias de festa de família, aniversários, churrascos, casamentos, etc. Infelizmente não há outra opção ou o aluno estuda nesses dias ou ele com certeza terá péssima resultados nas provas.

Se a família e os amigos não entenderem essa situação isso se tornará um dos maiores problemas para o aluno, pois é justamente nessas pessoas que o aluno vai buscar ajuda nos momentos difíceis.

Por isso é importante informar à família e amigos que durante o período de aulas sua ausência em alguns momentos será necessária e que em breve estará colhendo os frutos disso. Também ressalte bem como é importante a ajuda dessas pessoas para que você fique supere o estressante período de provas.

Mas isso não significa desaparecer para sempre, por isso curtir as férias é fundamental, é nela que será compensado toda ausência do período de aulas, por isso curta, aproveite e viva cada momento intensamente com as pessoas que gosta enquanto estiver no período de descanso.

E quando as férias estiverem acabando vá preparando a família e amigos para a volta as aulas, deixando que em breve ficara afastado pelo período de aulas, mas que vai passar em breve.

 

Base

Imagine-se aprendendo multiplicar sem saber somar? É isso o que acontece com a maioria dos estudantes calouros de exatas. A falta de base em matemática e física faz o aluno literalmente “viajar” na sala de aula.

Essa viagem inicia quando o aluno não tem o conhecimento mínimo para estar na sala de aula e percebe que não entende uma só palavra que o professor diz e muito menos os passos mágicos realizado em aula.

Quando se tem um problema o que deve ser feito é enfrentá-lo de frente e esse é o maior desafio do estudante quando vê uma lousa cheia de símbolos matemáticos e equações de físicas.

Reconhecer que precisa de ajuda geralmente não é fácil mas com certeza é o primeiro passo para a solução, mas não pára por ai, o aluno deve buscar ajudar adequada e não se envergonhar quando perceber que necessita de ajuda em assuntos básicos.

Para essa situação um curso de matemática básica ou pré-cálculo é a solução perfeita para suprir essa dificuldade, esclarecendo muitas duvidas que atormentam as cabeças dos alunos durante as aulas de cálculo e física.

 

Aplicação

Ao aprender um assunto novo uma das primeiras perguntas que surgem é “Para que eu estou aprendendo isso?”. Limites, derivadas, integrais, movimento uniformemente variado, são tantos os assuntos envolvidos em um curso de exatas que deixam o aluno de cabeça quente.

Esses assuntos além de assustar o aluno muitas vezes geram uma sensação de inutilidade. Então ficamos com uma aula sem didática somada a um alto preço de mensalidade mais a sensação de inutilidade, uma formula excepcional para desmotivar o aluno.

Questionar o professor diante dos colegas de sala sobre onde pode aplicar o que esta sendo apresentado em aula geralmente não é uma boa ideia. Isso porque em alguns casos o professor não vai saber te dizer e isso vai deixa-lo muito irritado.

Isso porque ele se especializou em uma área e talvez não sabe onde aplicar na área do curso que esta lecionando.

A melhor saída para satisfazer a curiosidade em saber pra que serve tudo isso é mais uma vez falar em reservado com o professor, caso ele não dê uma boa explicação de onde e como usar o que está aprendendo, ele pode indicar uma outra fonte onde possa encontrar mais informações sobre o tema.

Agora que você já sabe quais são os maiores motivos que desmotivam um aluno em sala de aula, fuja deles e corra em busca do seu sonho de formado.

Bons estudos e um grande abraço!

Responder